O fluxo da Confusão

Docemanhã, dia 50 da Confusão de 3181.

 

–><–

“Tava no fluxo, avistei a novinha no grau, sabe o que ela quer? ”

– Antigo provérbio profano

Confufluxo, o fluxo mais fluxoso de todos os outros fluxos. Talvez porque seja o fluxo da 3 estação, marcada por dois fluxos antes, e dois fluxos depois. Significa também que a estação da Confusão está quase no fim, até aqui Caos e Discórdia deixaram nossas vidas confusas, por isso o nome da estação, eu acho. E como o bichinho Anerístico que vive dentro de todos nós, tentamos botar nossas vidas em ordem, o que sabemos que é impossível!

Depois que a Confusão chegar ao fim, começa a Burocracia, que nada mais é que a Estação onde caracinzas tentam impor ordem. O que é impossível, como eu disse acima, por conta da Lei da Escalada, ou Lei Erística da Escalada. Essa lei se baseia no princípio básico do Caos; você impõe ordem, e colhe caos. Quanto mais imposta é a ordem, mais grave se torna o caos. Tem algo haver com Éris e Anéris brigando, mas eu não lembro.

Por isso a Burocracia gera As Consequências, e por fim retornamos ao Caos. Mas isso está longe ainda, embora hoje demarque que já se passou 2/3 da estação, e faltam apenas 25 dias para seu fim (é quase um mês para os católicos, eu acho), são 25 dias de Partyhard, onde ninguém entende o que diabos está acontecendo, até o dia em que você acorda de gravata, e se vê assinando e carimbando papéis, para serem despachados ao outro departamento da sua miserável vida.

A estação desse ano fez jus ao nome, porque ninguém sabe ao certo do porquê o Cunha ainda está na Câmara. Todos sabemos que os primeiros comentários Anerísticos sempre saem da boca de políticos, e que políticos são tão necessários, quanto Barretos é necessário para o resto do mundo*. Além dessa confusão do Cunha estar no poder da câmara – esperemos que haja alguma explicação em breve – também teve o incidente da maioridade penal, onde em um primeiro momento não tinha sido aprovada, eu fui cagar, e quando voltei os outros tinham feito merda – e aprovado.

E claro, não podemos esquecer que nessa estação foi revelado a nós a personificação de Sri Syadasti Syadavaktavya Syadasti Syannasti Syadasti Cavaktavyasca Syadasti Syannasti Syadavatavyasca Syadasti Syannasti Syadavaktavyasca, o terceiro apóstolo e santo. Essa personificação é Felipe Smith Seucu. Alguns dizem que Sri Syadasti decidiu entrar em contato com Felipe, por meio duma bala de LSD, para espalhar palavras de sabedoria como “Traz um incenso pra mim”, “Jamais serão” [sic], “Bruno? O que você tá fazendo aí embaixo da ponte? Sai daí tu é mó playboy” e “Romero Britto”. Lembrando que todas essas frases de sabedoria, foram proferidas em um certo tom confusão, e que Felipe não tem nenhuma ligação com nenhuma cabala – o que faz dele um verdadeiro profeta, e não um picareta qualquer.

Aproveite o fim da noite do Fluxo, e use a droga mais forte que vocês têm perto de você, em homenagem ao Grande Sri Syadasti, patrono dos confusos e psicodélicos, filho do gentil chefe da tribo Peiote, Semente-de-Girassol e da mais bela mulher da tribo, Maria Joana.

Papa Anderson Victorious Molotov Dias, o lunático.

*Barretenses, não se ofendam, eu também nasci em Barretos – e não, não sou caubói.*

–><–

Paz e Segurança

–><–

Propaganda Gratuita!

Não deixem de conferir a revista Discordia Brasilis, a revista discordiana que não só discorda de você, como também não se importa com você!

Primeira Edição, Segunda edição.