Caos (Ou o Fluxo dele)

11046824_916608605028487_822975051914214372_n

Tava no fluxo, avistei a Discórdia no grau, sabe o que ela quer? Caos, caos, caos ela quer caos. Faz 50 dias, desde que entramos em um pleno estado de caos, e faltam apenas 23 dias para entrarmos na estação da Discórdia. 23 dias antes do fim da estação, ela tem o seu fluxo.

O que é o Caos? – Vou cometer uma das maiores cagadas da humanidade, que é tentar definir um Deus – O Caos, foi/é/será um deus grego, e seu nome vem da palavra χάος, que significa vazio, ou amplo; e embora sejam dois significados distintos, ajuda a compreender o significado ambíguo adquirido à figura. O Caos é Primordial. O Caos nunca morreu.

O Caos é a Janela, e nós olhamos por ela por meio de grades. E por hoje ser o fluxo do Caos, tenho dó daqueles que se agarrarem a uma única janela. Nesse sentido, o Caos pode ser um grande fluxo de informação, os burocratas vão tremer.

Olho aqui pela minha janela (j em minúsculo, refiro-me à janela do meu quarto), e vejo o céu. A forma com a qual as nuvens têm formas, que se distorcem lentamente, adquirindo novas e novas formas, que nós humanos categorizamos. Algo como “Ei, olha aquela nuvem parece um gato”, “Ei, aquela nuvem parece um pinto”, “Ei, olha aquela nuvem ali, parece a sua mãe se vestindo para ir trabalhar, olha o macacão e as ferramentas dela”, e claro, “Ei! Aquela nuvem ali parece a personificação do abismo cultural da nossa sociedade, que engloba pouco a pouco todos os nossos desejos e sonhos, e nos torna servos do consumo e do capital”, não daria para esquecer desse, não é mesmo? O fato é, olhamos para as nuvens, e vemos coisas que para nós existem um rótulo, uma ideia, uma forma (essas duas últimas, seguindo o conceito platônico). O Caos não está no mundo sensível, o Caos está no mundo das ideias. E da mesma forma como as nuvens, usamos de grades para tentar entender, ou explicar o Caos. O Caos é Amoral.

Poderíamos colocar um milhão de significados e interpretações sobre o Caos, e provavelmente nenhum deles seria próximo do que o Caos é/foi/será. E da mesma maneira, não podemos medir o Caos, o Caos é aleatório, assim como seu fluxo. Pode acontecer muita coisa, e ao mesmo tempo pode acontecer porra nenhuma. Mas dado o que já aconteceu até agora, no começo desse ciclo, é capaz de que algo esteja guardado para hoje. Acima de tudo, o fluxo é como um presságio, um aviso, o fim da estação do Caos, e a chegada da Discórdia. E a escalação do Caos, tratará a imposição de Ordem, como diz o conceito da Escalação Erística.

E nesse momento uma chuva suave começa a cair lá fora pelo menos aqui na minha janela, e eu vejo isso como um sinal de boa sorte. Tempos bons vem aí, sabe como é? É um bom dia para se fazer um chá, e meditar acerca do que o Caos fez até agora, e o quais serão as Discórdias por vir, mesmo que não seja Eyeday, é sempre bom esse exercício. Ainda mais num dia com uma energia caótica tão grande fluindo, é bom para revigorar a vida.

Perguntei a algumas pessoas o que era o Caos, deixarei em uma pequena listinha abaixo, e posso complementar ela, conforme a galera me mande o conceito de caos delas.

  • O Papa William considera que o Caos está para além das noções de ordem humanas, até porque o Caos é a Janela.
  • Papa Laurent diz que o Caos é o que permeia, o que atravessa, o que sustenta, o que não está, o que permanece.
  • Segundo o Papa Lenon, o Caos é um corte de cabelo em forma de campo de tênis transitando em um espaço onde as crianças dão trégua a guerrinha de papelzinho, em um campo de golf usado para jogar bolinha de gude sadomasoquista, com propagandas de polidores de hélice de helicóptero e coopnoodles.
  • O Joseraph lembrou que o Caos é o vilão da quinta temporada de Sailor Moon.

 

Que o Caos reine em todo mundo! Salve Éris! Salve Discórdia!

Papa Anderson Victorious Molotov Dias, o Lunático; Laranja Poente, 50 do Caos de 3182 Anos da Nossa Senhora Discórdia, País dos Lunáticos.

Postado Originalmente no site da Seita Engraçadista.