A Raiz de todo o mal

“Queria que todos aqueles que se mataram estivessem vivos;

e todos que estão vivos se matassem” – Anônimo.

 

A vida de Timóteo era um inferno, ou pelo menos assim ele desejava, pois a dor seria menor. Toda manhã ele acordava e fazia seu café, se dirigia para a porta com sua caneca na mão, e ficava ali, observando as crianças até terminar seu café. A verdade é que ele repudiava as crianças, sempre que uma delas pisava em seu lado da calçada, ele logo gritava, as mandando para longe. “Crianças filhas da puta”, dizia ele para si mesmo, “Só sabem correr, gritar e ficar babando a porra do dia inteiro”, dava uma risada baixa e desconcertada, repetindo “a porra do dia inteiro” em um tom mais baixo. Timóteo não fora assim a vida inteira, é claro. Quando criança ele só sabia correr, gritar e ficar babando a porra do dia inteiro. Seus pais não morreram quando ele era jovem, longe disso, ainda hoje são vivos. Tinha tido uma infância normal, uma adolescência igualmente normal. E podemos dizer que ele teve uma vida adulta normal também. Talvez esse fosse o ciclo da vida. “É a vida”, como dizem por aí, não é mesmo?

Timóteo teve uma vida que consideramos normal, ele acordava cedo e se preparava para ir ao trabalho, pegava duas horas de ônibus até seu trabalho, trabalhava o dia todo e quando via seu chefe pedia um aumento (o que ele claramente recusava), quando o sol abaixava ele pegava seu casaco e sua bolsa, e pegava duas horas de ônibus para chegar em casa. Quando chegava, ligava a TV e assistia ao jornal, onde ficava reclamando das decisões da pessoa que preside o país, as vezes até batia umas panelas, por não ter o que fazer. Quando as crianças começavam a brincar em sua calçada, ele resmungava alguma coisa e aumentava a televisão. Quando se cansava de assistir TV, ele ia até a geladeira e pegava alguma coisa para comer, resmungava alguma coisa sobre fazer comida, mas nunca fazia nada. Comprara as panelas apenas para bater de frente a TV.

No fim de semana ele pegava seu skate e ia dar uma volta no Parque da Matilha. Dava algumas voltas, mostrando para todos seu board irado, e como ele feliz e tinha uma vida boa. Todos seus vizinhos e amigos iam naquele parque no fim de semana, então era crucial parecer legal e feliz. Mas no fundo, lá no fundo, Timóteo era um filho da puta solitário, que tinha uma vida medíocre, e se sentia um pedaço de merda. Assim como todo Adulto normal.

Quando o inverno veio, trazendo uma crise no país, Timóteo tinha sido demitido. Seu chefe disse a ele: “Olha Timóteo, vou ser realista contigo, cara, o problema não é você, somos nós. Você é bom demais para conseguirmos te pagar”. Timóteo perguntou o porquê não lhe deram um aumento, já que ele era bom demais, e seu chefe apenas sorriu e apertou sua mão. O escritório bateu palmas, em forma de agradecer Timóteo pelo seu incrível trabalho. Ele fingiu estar tudo bem, e relevou a situação. Tinha retirado seu Seguro desemprego para financiar sua casa, e não tinha muito o que receber da empresa. Mas mesmo assim ia sorrindo comprar pão, embora ele não soubesse comprar pão, ou pedir uma pizza. Nos fins de semana ia sorrindo ao Parque da Matilha, fazer uma pose de cara legal. Durante a semana, sua vida era uma miséria, sua namorada havia o largado, quando soube que ele estava desempregado, e não tinha o apoio de ninguém, apenas sentava de frente para a TV, chorando e bebendo litros e litros de álcool etílico.

E como uma bomba que pulsava a cada segundo, Timóteo simplesmente explodiu. Ele não tinha dinheiro, não podia comprar pão, ou pedir uma pizza, até mesmo deixou de pagar sua casa e havia recebido uma ordem de despejo. Seus amigos já não lhe achavam o cara mais maneiro. Timóteo subiu no telhado de sua casa, e se sentiu uma criança: Correu, gritou e no fim ficou babando a porra do dia inteiro, até que no fim da Tarde os agentes do despejo o encontraram lá no chão. Frio, sorrindo, todo babado.

A Divina Comédia do Analfabeto Político

Esse não é um texto de comédia. Assim como o Livro de Dante, esse texto é puramente político. Há uns dois dias entrei no infame grupo “Aécio Neves 2018 – Presidente”. No começo eu achava cômico, mas como meu Chapa Lev’s disse, seria cômico, se não fosse triste. E de fato, nunca vi algo tão escroto, que refletisse tão pobremente – pobre em espírito, a maioria lá tem dinheiro saindo do cu – a sociedade brasileira. Se tomarmos aquele grupo como um bando de trolls da internet, é um grupo normal. O problema começa quando aquelas pessoas estão realmente falando sério.

É o tipo de coisa que parece ter surgido na internet, mas que já é algo de longa data. Até porque, esse lance de PeTralhas, fora PT, não é algo que surgiu do nada na internet. Você já ouvia esse povo reclamar nas ruas, como bizarrices de pena de morte e intervenção militar, ou o mal entendimento – do senso comum – sobre marxismo e comunismo. O problema é que os avanços tecnológicos e acesso à informação traz isso aos nossos olhos e ouvidos.

Algumas pessoas dizem que a tecnologia um dia vai destruir o mundo. Já ouvi isso tanto de camaradas anarquistas, quanto de velhos conservadores direitistas. Geralmente as pessoas que dizem isso, afirma que é o mal da próxima geração, e eu discordo totalmente disso – pelo menos em partes. Para mim a tecnologia só é o mal da próxima geração, por conta da velha geração. A velha geração que se adapta a nova tecnologia e não a usada da maneira correta. Acho que a coisa mais linda da internet, é eu poder ler sobre o que eu quiser e ter acesso ilimitado à informação. O problema acontece quando a velha guarda tem acesso à informação e não sabe aproveitá-la, aceita qualquer merda que vomitam em seu colo. Essas pessoas nem ao menos checam o que eles tão lendo, e o quão absurdo aquilo soa! Não há problema algum nessas pessoas terem acesso à internet, o problema está quando elas acreditam em qualquer merda que elas leem, e compartilham essa informação com diversas pessoas, que por sua vez também acreditam sem checar. Me assusta ainda mais o fato de jovens – parto do princípio de que os jovens têm um domínio melhor dessas tecnologias – cometerem os mesmos erros que seus pais e avós, que basicamente é pegar a merda de um touro e esfregar por todo o corpo.

E claro, a mídia bonitinha não colabora, eles veem esse erro do povo, e logo usam e abusam do sensacionalismo, pra ganharem dinheiro em cima disso. Enchem seus sites de Ads, e colocam uma notícia polêmica, fazendo com que isso se viralize e caia no gosto do povo. A mídia atual é como o blog Sensacionalista, isento da verdade. A fórmula para se ganhar dinheiro hoje em dia é simples, pegue uma fonte internacional, traduza-a de uma forma porca e fraca, mude algumas palavras tornando-a ambígua e publique em seu site cheio de ads. A fórmula básica do capitalismo: Ganhar dinheiro em cima da burrice alheia.

Brecht dizia que “o pior analfabeto é o analfabeto político”, eu concordo com ele, mas o Analfabeto Político tem outra cara, é o cara que não ouve, mas fala, que finge participar dos acontecimentos políticos. Esse novo analfabeto político é tão burro, que estufa o peito dizendo entender de política, sem saber o imbecil que o político vigarista, corrupto, é lacaio das empresas nacionais e multinacionais. E dessa sua ignorância política, nasce a prostituta e o menor abandonado. Ele acredita que o problema está no político, e não nas empresas.

Eu não recomendo ninguém entrar no grupo “Aécio Neves 2018 – Presidente”, sinceramente. Tortura nunca mais, como dizem por aí, não é? Você só verá pessoas reclamando da Petrobrás, lugar onde há corrupção desde a república nova, e que se tivessem investigado naquela época, talvez não fosse essa putaria atual. Se há corrupção desde sua fundação, por que se preocupar agora? Talvez porque as pessoas sejam burras o bastante a ponto de defender um partido, fazendo de tudo para tirar o partido – ou time? – adversário de campo. Elas abertamente escolhem quem vai decidir o rumo das vidas deles, quem vai roubá-los e explorá-los. Alguns até dizem que todos partidos são corruptos, e exigem uma “Intervenção Militar Constitucional”. O que eles esquecem, é que toda forma de hierarquia é corrupta – além de infantil, vamos lá, superem isso. A maioria é adultos e sabe o que é bom senso… Se bem que pedir Intervenção Militar não é lá bom senso, vocês estão todos corrompidos – e enquanto nosso sistema não for de povo para o povo, sem ter um intermediário de representantes, não haverá justiça, apenas interesses e corrupção.

Outra coisa que eu acho engraçado desse grupo, é que eles são uns desordeiros. Quero dizer, meu quarto é mais arrumado que aquele grupo. Em menos de 30 minutos, 3 pessoas publicam um mesmo link no grupo, e um monte de gente aleatória vai lá e comenta a mesma coisa, – Monkey say, monkey do – que geralmente é algo como “INTERVENÇÃO MILITAR JÁ,,, PARA O BRASIL MELHORÁ” (sic), ou “O PT TÁ ACABANDO COM O BRASIL”, ou qualquer outra coisa que siga a regra do ‘monkey say, monkey do’, em capslock. Às vezes rola até fundamentalismo religioso, algo como “A DILMA QUER ACABA COM O POVO DE DEUS” (sic), ou qualquer coisa que demonize o PT e sua base aliada. Fora que qualquer partido que apoie o PT é chamado de PT pela Veja, e consequentemente por esse povo. Fora o fato de que o Impeachment da Dilma é mais um boato, do que algo de fato concreto. Alguns lugares dizem que é dia 13, outros dizem que é dia 15, outros afirmam ser dia 26, e no fim eles nunca vão conseguir merda nenhuma, porque um povo desorganizado merece ser domado, o principal motivo pelo qual esse grupo – “Aécio Neves 2018 – Presidente” – está fadado a ser um bando de manipulados pela Globo e pela veja. Alguns até chegam a dizer que a Globo é pró-PT e alienadores, mas a Globo é claramente PSDBista, além de ser dona da Veja, que é tomada como a fonte mais confiável deles.

Então gostaria de pedir aos queridos e queridas membros do “Aécio Neves 2018 – Presidente”, que se informem melhor, leiam mais e chequem suas malditas fontes. A galera posta a cada 3 minutos uma reportagem em um blog aleatório – mais aleatório que esse blog de anarquista louco, que vocês estão lendo agora. Se é que chegaram nessa parte, sem fechar e irem me xingar – e todos vocês ficam comentando merdas e coisas sem sentido. E estender o pedido a amigos e familiares, que compactuam com esse grupo, ou com o Revoltados On-line, ou qualquer merda do tipo, leiam mais e não fiquem postando merda-de-touro, como se fossem uns burros ignorantes. Se a tecnologia fez algo pela sociedade brasileira, foi mostrar a quão ignorante e retrógrada ela é.