O melhor show de todos.

“Alô? Rob? Cadê você, brother? Show ‘tá pra começar”.

“Acho que vou me atrasar um pouco, tenho que levar minhas irmãs pr’aula de balé, e depois deixar minha mãe em casa, então eu pego o carro e corro pr’aí”.

“Puta que pariu, vai se atrasar pra caralho!””

“Fazer o quê?”

Desligaram. Meia hora depois, Rob recebe outra ligação.

“Qualé, Frank?”

“Rob! Saca só”. Estava tocando a música favorita de Rob. “Vem logo pra cá, caralho!”

“Porra, porra, porra, porra! Já ‘tou indo, calma, calma, calma, calma!”

“Só não bata o carro no caminho”

Desligaram. Rob ligou para Frank, depois de 15 minutos, e perguntou:

“Como ‘tá o show, cara?”

“Poooooooooorraaaaaaaaaaaa! Cadê você, bro?”

“Eu ‘tou chegan- Ah não! Não, não, não, não, não, não! Vai se foder. Puta que pariu!”

“Que foi, cara? O quê ta acontecendo, Rob?”

O silêncio reinava do outro lado da linha.

“Rob? Fala comigo, cara! Rob, Rob, Rob,?!”

“Cala a boca, um segundo, Frank. Por favor…”

Frank ficou quieto, então Rob soltou um suspiro e disse:

“Estou à 2km do show e está um trânsito fodido. Tem gente fora do carro, de tão tenso que está”

“Oh não!”

“Quê foi?”

“Minha cerveja caiu…”

“Foda-se! Eu estou preso no trânsito, cara!”

“Puta que pariu!”

“Quê que foi?”

“A latinha está 10 reais, vai tomar no cu.”

“Olha, Frank, daqui a pouco estou aí.”

“Falou.”

40 minutos depois, Rob finalmente chega ao show. Entra correndo, para ouvir o vocalista dizer:

“Thank you so much, Sao Paolo, we love you”. E então a banda sai do palco.

“Rob, Você chegou! Uma pena não ter chegado a tempo… Esquenta não, ano que vem tem mais!”

Infelizmente, no dia seguinte, a banda anunciou seu fim. E tudo por causa de uma briga do vocalista com o guitarrista, por causa de uma loira sexy. Rob entrou em depressão, e se matou dois dias depois do anúncio.

Anúncios