Rock ‘n’ Roll

Rock ‘n’ Roll. Rock Fucking Roll. O melhor estilo de música que existe, em minha singela opinião. Hoje, como alguns sabem é o Dia do Rock. Então decidi fazer um textículo com as minhas bandas favoritas, minha visão e minhas experiência com o Rock And Roll.

Eu conheci o Rock desde cedo, meus pais me criaram ouvindo Rock Nacional, obviamente com músicas mais leves e popzinhas. Até meus 10 anos eu ouvia Rock (e Sertanejo), depois virei rebelde e comecei a ouvir Rap. Mhé, pior época da minha vida, com toda certeza. Quando eu tinha 13 anos eu comecei a voltar um pouco com o Rock ‘n’ Roll, ouvindo System Of A Down e Slipknot. Ugh, segunda pior época da minha vida. Pra compensar eu ouvia ao menos AC/DC.  Quando completei 14 anos eu estava lendo sobre Rock ‘n’ Roll e bancando o Poser pela internet, quando descobri Nirvana e algo chamado Grunge. Baixei todas as bandas de Grunge bem reconhecidas e algumas mantenho na minha lista de favoritas até hoje, como Pearl Jam, Smashing Pumpkins, Soundgarden e Stone Temple Pilots. Puts! Eu começava a conhecer o Rock ‘n’ Roll. Mas eu ainda tinha pouca ideia do quê realmente era Rock. Do quê Rock realmente é. Depois fui explorar o Metal, hoje sou surdo do ouvido direito, sério. No fim dos meus 14 decidi explorar o Punk Rock, fiquei até os 16, quando comecei a ouvir Oi! e outros estilos de Punk. No final dos 16 decidi ouvir Pink Floyd, que era uma banda que eu já tinha um certo apego quando conheci aos 14 anos, decidi ouvir mais Rock Psicodélico, explorei Doors, Animals, Creedence e Cure (embora esse último nem seja tanto Psicodélico). Atualmente estou no final de meus malditos 17 anos e eu ouço Rock Psicodélico e Blues. Rockabilly e rock dos anos 80 é o que eu tenho ouvido bastante. Mantenho bastante bandas favoritas, que peguei ao longo dessas experiências. Pearl Jam, STP, Dead Kennedys, The Clash, The Cure, Pink Floyd, The Doors.

O Rock Nacional de verdade fui conhecer aos 15 anos, quando meus pais me apresentaram Ultrajearigor, Camisa de Vênus, Titãs, Cazuza, Barão e Legião (esses 4 últimos de verdade, as músicas menos pop). Não os julgo. Entendo porque não me apresentaram quando eu era menor e eu totalmente concordo! Imagina uma criança ouvindo ‘Filho da Puta’, ‘Desordem’, ‘Corações Psicodélicos’, ‘Eu não matei Joana D’Arc’ e outras músicas de um gênero mais pesado.

Minha vida com o Rock ‘n’ Roll se resume a Rock Nacional e Psicodélico. E são músicas que me mandam para outras dimensões e me inspiram no meu Hobby, que é a banda. Vai que um dia minha banda dê certo e eu me junte a algumas lendas? Ha, ha. Sonhos são doces camaradas.

O Rock me proporcionou diversas experiências magníficas, como viagens às estrelas, onde eu via o quanto o universo é gigante ao som de Pink Floyd, David Bowie e diversas outras bandas, sendo elas psicodélicas ou não. Bandas que tem músicas que me motivam a escrever poesias. Bandas das quais eu realmente me identifico com as letras.

Rock Fucking Roll. Rock ‘n’ Roll.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s